Quantidade de Páginas visitadas

HISTÓRICO DO COLÉGIO


O Colégio Estadual Para Surdos Alcindo Fanaya Júnior - Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio e Profissional está situado na Rua Vital Brasil nº 447, bairro Vila Izabel, no Município de Curitiba e atende 260 alunos de Educação Infantil ae Ensino Fundamental em tempo integral e Ensino Médio e Profissional - Técnico em Informática.

Foi fundado em 1.953, pela Resolução 1142/53, com o nome de Instituto de Recuperação de Surdos e Mudos do Paraná. A partir de março de 1.962, passou a ser subordinando ao I.A.M., e sua denominação mudou para Centro de Reabilitação da Audição e da Fala Alcindo Fanaya Júnior.

Com a reforma administrativa ocorrida em junho de 1.987, pela Lei Nº 8485, o Centro passou a ser assistido pela Fundação de Ação Social do Paraná (FASPAR). Esta, por sua vez, pelo Decreto Nº 959, de junho de 1995, passou a denominar-se Instituto de Ação Social do Paraná (IASP).

Em 24 de julho de 1.997, pela Resolução 2554/97, houve mudança da mantenedora do Centro, passando do IASP para a Secretaria de Estado da Educação (SEED). Com essa mudança, passou a ser denominado Escola Estadual do Centro de Reabilitação da Audição e da Fala Alcindo Fanaya Júnior – Ensino de 1º Grau.

A Escola foi autorizada, pela Resolução Nº 1473/97, a oferecer, por tempo indeterminado, 1ª a 4ª séries.

Em 17 de dezembro de 1.997, foi assinado um Termo de Cooperação Técnica e Administrativa entre a SEED e a Associação Santa Terezinha de Reabilitação Auditiva – ASTRAU. Por esse Termo, a SEED, através do Departamento de Educação Especial (DEE), fica com os assuntos ligados ao funcionamento pedagógico da Escola, e a ASTRAU, com os administrativos.

Através da Resolução Nº 925/99, de 26/02/99 autoriza o funcionamento de 5ª à 8ª série do Ensino Fundamental.

Em 12 de março de 1999 foi criado o Conselho Escolar, aprovado pelo Ato Administrativo Nº 448/99 de 15/11/99.

Criada a APMF em 17/05/2000, aprovado e registrado o Estatuto em Cartório em 27/06/2000 com CNPJ – 03.929.609/0001-38.

Em 21/03/2003 a Resolução Nº 319/2003 reconhece o Ensino Fundamental.

Pela Resolução Nº 1051/03 de 04/04/2003 é autorizado o funcionamento do Ensino médio e reconhecido em 20/12/2004 através da Resolução 3935/2004.

É autorizado o funcionamento da Educação Infantil pela Resolução Nº 1034/05 de 08/04/2005.

Através da Resolução Nº 2252/10 de 24/05/2010 é autorizado o funcionamento do Curso Técnico em Informática, subsequente ao Ensino Médio (turmas com alunos surdos e ouvintes).

Tem como filosofia o bilingüismo: Língua Brasileira de Sinais/Português onde os conteúdos acadêmicos das disciplinas são transmitidos em Libras e o Português é trabalhado como segunda língua.

Além da Educação Básica oferece atendimento especializado para alunos surdos, surdocegos e/ou outros comprometimentos associados à surdez.

Oferta no contra-turno atividades complementares, tais como: atendimento pedagógico individualizado, orientação fonoaudiológica, audiometria, reeducação visual, artes, capoeira, xadrez, esporte, informática, educação ambiental, orientação profissional e encaminhamento para o trabalho.

Sua equipe é formada por Assistente Social, Fonoaudiólogo, Psicopedagogos, Pedagogos, Professores formados nas diversas disciplinas, com Doutorado, Mestrado e Pós Graduados em Educação Especial.

Oferece curso de formação em Língua Brasileira de Sinais para professores, pais e comunidades em geral.




Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito